OAB Piauí nomeia nova Ouvidora de Gênero da Seccional

  Data e Hora: 18/09/2019 15:09:35

Na manhã desta quarta-feira (18), a Presidente da Comissão de Promoção à Cidadania, Justina Vale, foi nomeada pelo Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, como Ouvidora Auxiliar da Ouvidoria de Gênero da entidade para o triênio 2019/2021.

A Ouvidoria é o instrumento mais acessível e democrático de denúncia aos casos de violência de gênero. Ao receber e analisar denúncias e reclamações sobre os casos, sendo relatadas as provas e elementos, toda documentação é recolhida e servirá de insumo para ações de fiscalização e de correição.

Para o Presidente Celso Barros Neto, a nomeação da advogada Justina Vale representará um reforço a mais para os trabalhos desempenhados pela Ouvidora de Gênero da OAB Piauí. “Para nós é uma alegria contarmos com a nova integrante nesse setor de tamanha relevância, não só para o Sistema OAB como para a sociedade. Tenho a plena certeza que a advogada Justina Vale somará com as ações desempenhadas pela Ouvidoria”, parabenizou o Presidente.

Segundo a Ouvidora-Geral da OAB Piauí, Élida Fabrícia Franklim, “a advogada Justina Vale já segue uma tendência de trabalho que vem sendo desenvolvido por ela enquanto Presidente da Comissão de Promoção à Cidadania, como na Comissão da Mulher Advogada, em parceria com a Presidente Dalva Fernandes. Essa nomeação é a coroação desse trabalho, missão essa de grande importância para fazer a gestão da Ouvidora de Gênero, com atendimento especializado às vítimas”, declarou.

Justina Vale agradeceu a nomeação do Presidente Celso Barros Neto e ressaltou que trabalhará para auxiliar nas ações da Ouvidoria. “É com muito orgulho que recebo essa missão da OAB Piauí. Quero destacar que estou à disposição de todas as mulheres advogadas que necessitarem da nossa ajuda e do nosso atendimento”, agradeceu.

A Presidente da Comissão da Mulher Advogada, Dalva Fernandes, também prestigiou a solenidade e parabenizou a nomeação da advogada no cargo de Ouvidora de Gênero. "Também contaremos com o apoio da Caixa, no que se refere à disponibilização dos serviços de assistência social e o acompanhamento psicológico quando a mulher, em situação de violência, for advogada. Quando a mulher em situação de violência não for advogada, os encaminhamentos serão feitos à rede municipal/estatal de atendimento às mulheres em situação de violência, conforme faz a Comissão de Apoio à Vítima de Violência e Comissão da Mulher Advogada, atentando-se para os seus perfis socioculturais", explicou.

 


Mais notícias


OAB Piauí trata de demandas da advocacia em reunião com C
Data/Hora: 18/10/2019 20:26:28
Diretoria da OAB Piauí participa da inauguração da Centra
Data/Hora: 18/10/2019 17:47:34
Comissão da OAB Piauí participa de reunião na Escola Comr
Data/Hora: 18/10/2019 16:54:04
OAB Piauí atua em prol da criação de Frente Parlamentar d
Data/Hora: 18/10/2019 14:57:09
Presidente da OAB Piauí será homenageado com Medalha da Or
Data/Hora: 18/10/2019 14:28:47
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB