OAB Piauí defende Exame de Ordem e entrega 21 carteiras profissionais

  Data e Hora: 04/06/2019 14:06:18

Como uma das pioneiras, a OAB Piauí promoveu o Ato Público em Defesa do Exame de Ordem e a Solenidade de compromisso da entrega de 21 carteiras profissionais aos novos advogados e advogadas. A Ação aconteceu na noite dessa segunda-feira (04) no Auditório da Sede “Ministro Reis Veloso” e teve o intuito de demonstrar a importância do Exame como instrumento fundamental para garantir a qualidade dos trabalhos prestados pela advocacia na defesa dos interesses do cidadão.

O Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, deu início à solenidade, ressaltando o valor do Exame de Ordem para a profissão da Advocacia, sobretudo para a sociedade e desejou sucesso profissional aos novos advogados e advogadas.

“Os profissionais da Advocacia estão presentes nos acontecimentos mais importantes da sociedade, por isso, o Exame de Ordem é a porta de entrada para esse universo complexo que é a Advocacia. Precisamos criar mecanismos para a preservação da nossa profissão. Temos a confiança de que cada um de vocês saberá honrar as tradições da Advocacia e da nossa Entidade, lutando pela defesa das prerrogativas e contribuindo com ações sociais aqui desenvolvidas. Sejam muito bem-vindos e trilhem o caminho do sucesso”, frisou o Presidente.

O advogado Plínio Marcus Mascarenhas prestou o juramento profissional, acompanhado pelos demais advogados. O orador Frederico Cesar proferiu o discurso, destacando os desafios enfrentados durante os anos acadêmicos e na vida pessoal, ao tempo em que desejou sorte e sucesso profissional aos demais advogados.

Em sua fala, a Vice-Presidente da OAB Piauí, Alynne Patrício, ratificou a seriedade do Exame.  “Em tempos sombrios é preciso defender o óbvio e deixar claro que nós não iremos aceitar o fim do Exame de Ordem. Não vamos retroceder, nem permitir que extingam o mínimo de aferição de qualidade para o exercício profissional. Diante de tudo isso, escrevam uma carta para vocês mesmos, ressaltando o recebimento da carteira no dia do Ato Solene em defesa do Exame de Ordem, no dia em que a Advocacia resistiu aos ataques e que saiu mais fortalecida do que nunca”, destacou

A Presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem, Raissa Mota, destacou que é por meio do Exame que ninguém tomará aquilo que é privativo dos advogados. “Não devemos permitir que outras instituições venham intervir no exercício das nossas atividades. Nós temos uma instituição forte e atuante na sociedade principalmente na defesa das prerrogativas”, pontuou.

Também defendendo o Exame de Ordem, o ex-presidente e membro honorário vitalício da OAB Piauí, Álvaro Mota, elencou as relevâncias do Exame, ressaltando o valor do processo para os profissionais. “O Exame de Ordem permite a aferição da qualificação técnica necessária ao exercício da advocacia em caráter preventivo, com vistas a evitar que a atuação do profissional inepto cause prejuízo à sociedade. Neste sentido, portanto, o Exame de Ordem se enquadra como garantia da defesa dos interesses do cidadão e, não raro, indispensável à sua subsistência, à sua paz e à sua honra”, disse.

Em sua fala, Sigifroi Moreno, também ex-presidente e membro honorário vitalício da OAB Piauí, deu as boas-vindas ao novos profissionais da advocacia. “Há pouco, cada um de vocês fez um juramento que se confunde com a própria missão da OAB, previsto em seu Estatuto. Isso mostra o quão relevante é essa atribuição que lhes é permitida agora e o quão relevante é o exercício profissional do advogado. Parabéns pela conquista”.

A Conselheira Federal da OAB Andreya Macêdo parabenizou os estudantes e salientou a importância da OAB na redemocratização do País e no reestabelecimento do Estado Democrático de Direito. “A OAB tem um papel de organizar nosso trabalho para que a Advocacia seja uma profissão digna para homens e mulheres”, relata.

O Conselheiro Federal da OAB Chico Couto frisou a importância da mulher advogada para a sociedade e as parabenizou pelas lutas constantes. “Além das preocupações do dia a dia, dos afazeres domésticos, do cuidado com os filhos e a pressão no trabalho, mulheres que decidiram ser advogadas passam constantemente por casos de machismo durante o exercício da profissão”, validou.

“Querer acabar com o Exame de Ordem é querer acabar com independência da Advocacia. É querer minimizar os efeitos do discurso e do juramento que vocês acabaram de fazer. O Exame não quer tirar ninguém do mercado de trabalho, pelo contrário, é um exame que exige do bacharel em Direito as condições mínimas para defender a sociedade”, defendeu o Diretor Tesoureiro da OAB Piauí, Einstein Sepúlveda.

Por fim, o Secretário-Geral da OAB Piauí, Leonardo Airton, procedeu a chamada dos novos advogados e advogados para a entrega da carteira de identidade profissional da OAB-PI e da Caixa de Assistência dos Advogados do Piauí (CAAPI).

Também prestigiaram a solenidade, a Secretária-Geral Adjunta, Nara Letícia Couto; o Secretário-Geral da CAAPI, Ian Samitrius; o Promotor de Justiça, Fernando Melo; o Presidente do Núcleo de Apoio à Advocacia (NAAD), João Matos; a Presidente do Conselho Estadual do Jovem Advogado (CEJA), Bianca Monte; o Presidente da Comissão do Jovem Advogado, Santiago Holanda, e o Presidente da Comissão da OAB na Universidade, Esdras Freitas.


Mais notícias


OAB Piauí realiza campanha de doação de brinquedos em alu
Data/Hora: 11/10/2019 17:20:00
“Prerrogativas Itinerante” percorrerá cidade de Campo M
Data/Hora: 11/10/2019 16:58:56
Presidente da Comissão de Direito das Famílias e Sucessõe
Data/Hora: 11/10/2019 15:45:16
OAB Piauí integra mesa de honra durante solenidade no Palá
Data/Hora: 11/10/2019 11:12:20
OAB recebe I Encontro Piauiense da Associação Nacional da
Data/Hora: 10/10/2019 18:49:35
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB