Celso Barros ressalta importância do acesso à Justiça na abertura do Ano Judiciário

  Data e Hora: 21/01/2019 17:01:38

“A Justiça deve se aproximar da cidadania e deve ser levada para todo o Estado do Piauí”, essas foram algumas das palavras proferidas pelo então presidente da OAB-PI, Celso Barros Coelho Neto, durante sessão solene da abertura do Ano Judiciário 2019, promovida pelo TJ-PI. A solenidade aconteceu na manhã desta segunda-feira (21), no Pleno do Palácio da Justiça e contou com a presença de representantes dos demais Poderes, órgãos e instituições relacionadas ao sistema de Justiça, como Ministério Público e Defensoria Pública.

Conduzida pelo presidente do TJ-PI, Desembargador Sebastião Ribeiro Martins, a sessão solene foi marcada por discursos em defesa da mulher, bem como do valor das mediações e conciliações.

“Queremos incentivar a cultura da paz com as mediações e conciliações. Com isso, reforçaremos o compromisso do Tribunal em aumentar a produtividade e prestar bons serviços à população. A nossa outra meta prioritária é fortalecer a rede de combate à violência doméstica, principalmente os crimes de feminicídio”, falou o presidente Sebastião Martins.

Na oportunidade, o presidente da OAB-PI, Celso Barros, proferiu palavras de incentivo e parceria ao Sistema Judiciário Piauiense e ressaltou a importância do acesso à Justiça. “A Justiça deve ser levada a todo o Estado, com maior orçamento. A cidadania se faz com Justiça e ética. Como disse o jurista Eros Roberto Grau – A Justiça não é do juiz, não é do advogado, não é do promotor e nem do servidor! A Justiça é do povo”, declarou o presidente.

Celso Barros frisou ainda que a OAB-PI estará à disposição para fortalecer as parcerias com o Tribunal. “A Seccional tem ainda os propósitos de manter um franco diálogo com o Tribunal de Justiça e lutará pelo aumento do orçamento do Poder Judiciário, pois temos a consciência de que aumentando o orçamento, aumenta o número de servidores e de juízes, consequentemente a eficiência da Justiça Piauiense”, disse.

A governadora em exercício, Regina Sousa, destacou a importância de o TJ-PI abraçar o combate à violência contra a mulher como pauta prioritária, afirmando ser fundamental a celeridade do julgamento dos processos envolvendo casos de feminicídio.  

Falando em nome dos magistrados, os presidentes da Associação dos Magistrados Piauienses (AMAPI), juiz Thiago Brandão, e do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí (SINDJUS), Carlos Eugênio de Sousa, enalteceram o compromisso das categorias com a melhoria dos serviços prestados pelo Judiciário Piauiense à sociedade.

 

Por: Fernanda Almendra 

Assessoria de Comunicação da OAB-PI


Mais notícias


OAB Piauí participa de reunião para debater questões do s
Data/Hora: 22/10/2019 12:13:36
OAB Piauí trata do sistema REDESIM com Delegado da Receita
Data/Hora: 21/10/2019 16:39:05
OAB Piauí inaugura estacionamento exclusivo para a classe a
Data/Hora: 21/10/2019 15:05:03
Mais de 2 mil candidatos realizam a primeira fase do XXX Exa
Data/Hora: 21/10/2019 14:52:07
Comissão da OAB Piauí realiza vistoria no CEM
Data/Hora: 21/10/2019 12:20:29
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB