Livro Esperança Garcia é lançado em conferência de Direitos Humanos no Ceará

  Data e Hora: 29/05/2018 11:05:53

Na noite do segundo dia da VII Conferência Internacional de Direitos Humanos, nesta quinta-feira (24), o Conselho Federal da OAB realizou o lançamento de obras que contribuem para a difusão do conhecimento jurídico que versam sobre questões de interesse da advocacia e da sociedade. O evento, que debateu temas de importância vital para a garantia e a promoção dos Direitos Humanos, teve realização entre os dias 23 e 25 de maio, em Fortaleza/CE, com apoio da seccional cearense.

Dentre as obras lançadas na conferência, teve destaque o livro “Dossiê Esperança Garcia: Símbolo da Resistência na Luta pelo Direito”, organizado pela Comissão da Verdade da Escravidão Negra no Brasil da OAB-PI.

Esperança Garcia foi uma mulher escravizada que viveu na região de Oeiras, na fazenda de Algodões, a cerca de 300 km de Teresina. Sua história se destaca pela coragem em denunciar os maus tratos sofridos por ela, suas companheiras e filhos, por meio de uma carta ao governador da Capitania de São José do Piauí, Gonçalo Lourenço Botelho de Castro. A petição é datada de 06 de setembro de 1770, época em que a imensa maioria dos escravizados nem eram alfabetizados. Esperança Garcia recebeu o título simbólico de primeira mulher advogada do Piauí em julho de 2017, concedido pelo Conselho Seccional da OAB-PI.

“O trabalho tem a intenção de reconhecer Esperança Garcia como a primeira mulher advogada, o que significa fortalecer a luta por Justiça e por direitos, principalmente a luta das Esperanças Garcias do presente”, afirmou a presidente da Comissão da Verdade da Escravidão Negra no Brasil da OAB-PI, Maria Sueli Rodrigues.

Além do livro organizado pela seccional piauiense, foram lançadas mais oito obras. Segundo o presidente da OAB Ceará, Marcelo Mota, o momento promove o debate de pautas cidadã, além de disseminar a cultura jurídica. “O lançamento desses livros, que traz temáticas tão importantes, faz com que a classe se engaje e discuta temas de relevância relacionados ao direito. Além disso, lançar essas obras em uma conferência engrandece e promove a troca de experiências, além de fazer refletir e buscar novas soluções”, ressalta.

A VII Conferência Internacional de Direitos Humanos teve encerramento nesta sexta-feira (25) com programação diversificada, além de contar com a participação de grandes nomes do direitos humanos.

 


Mais notícias


OAB Piauí trata do sistema REDESIM com Delegado da Receita
Data/Hora: 21/10/2019 16:39:05
OAB Piauí inaugura estacionamento exclusivo para a classe a
Data/Hora: 21/10/2019 15:05:03
Mais de 2 mil candidatos realizam a primeira fase do XXX Exa
Data/Hora: 21/10/2019 14:52:07
Comissão da OAB Piauí realiza vistoria no CEM
Data/Hora: 21/10/2019 12:20:29
Professor lança livro que discute a Tributação para as Mi
Data/Hora: 21/10/2019 11:37:07
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB