Entidades debatem direitos de travestis e transexuais a terem nome e gênero no registro civil

  Data e Hora: 11/04/2018 16:04:25

Na manhã desta quarta-feira (11), a Comissão de Diversidade Sexual (CDS) da OAB-PI se reuniu com o Corregedor Geral de Justiça, Des. Ricardo Gentil Eulálio, com entidades de defesa dos Direitos LBGT e com a Defensoria Pública do Estado do Piauí (DPE-PI).

Como pauta da reunião, foi formalizado pedido para que a Corregedoria publique ato, regulamentando os procedimentos a serem adotados pelos Cartórios de Registro Civil no Piauí para cumprimento da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que entendeu ser possível travestis e transexuais alterarem, diretamente no Cartório, o nome e gênero no assento de registro civil, mesmo sem a realização de procedimento cirúrgico de redesignação de sexo.

A decisão do STF ocorreu no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4275, na Sessão Plenária de 01 de março de 2018. O pedido feito pelas entidades foi acolhido pelo corregedor.

Para a integrante da Comissão Carmem Ribeiro, a decisão é de extrema importância para o segmento trans, reflexo de anos de luta. “Toda pessoa tem o direito de escolher como quer ser chamada e preconceitos jamais devem ser óbices para garantia de direitos”, declarou.


Mais notícias


Seminário discute Regularização Fundiária no sul do PI
Data/Hora: 20/07/2018 19:27:27
Comissões Itinerantes visitam Campo Maior
Data/Hora: 20/07/2018 18:49:42
Oficina Jurídica debaterá audiência de custódia
Data/Hora: 20/07/2018 15:54:46
Juiz proíbe propaganda irregular da empresa Athos Negócios
Data/Hora: 19/07/2018 15:12:38
MP-PI e OAB-PI protocolam Ação Civil Pública para que o G
Data/Hora: 18/07/2018 19:05:41
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

  • Sobre a OAB Seccional Piauí:


    Telefone:

    (86) 2107-5800
    E-mail: administracao@oabpiaui.org.br