Constelação Familiar é tema de curso na ESA-Piauí

  Data e Hora: 10/03/2018 12:03:47

Apresentando uma nova experiência para conciliações judiciais, a OAB-PI e ESA-Piauí sediaram, neste sábado (10), o curso “Estudos sobre Constelação: Projeto Famílias em Pauta”. O projeto desenvolvido pela Comissão de Direitos das Famílias e Sucessões da Ordem também conta com o apoio da Defensoria Pública do Estado (DPE-PI), da Associação dos Magistrados Piauienses (AMAPI) e do Eu Social.

O termo “Constelação Familiar” é um método psicoterapêutico recente, com abordagem sistêmica não empirista ou subjetiva, desenvolvido pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, a partir de observações baseadas em diversas tipos de psicoterapia familiar, nos padrões de comportamento que se repetiam nas famílias e em grupos familiares ao longo de gerações.

A dinâmica da "Constelação Familiar" tem como objetivo ajudar a solucionar conflitos na Justiça brasileira. A medida está em conformidade com a Resolução CNJ n. 125/2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que estimula práticas que proporcionam tratamento adequado dos conflitos de interesse do Poder Judiciário. A técnica vem sendo utilizada como reforço antes das tentativas de conciliação em vários estados.

Abrindo os trabalhos, a conselheira federal da OAB Cláudia Paranaguá informou que a técnica da constelação familiar consiste em uma sessão de conciliação ou mediação até dois meses antes de uma audiência. Nas sessões, os participantes são estimulados a refletir sobre seus vínculos familiares, o litígio e os motivos que os levaram a entrar com o processo judicial.

“Estou extremante feliz de contar com a presença de todos para debater um tema de tamanha importância para o universo jurídico brasileiro, sobretudo para o Judiciário Piauiense. Para entender mais a dinâmica da constelação familiar, contaremos aqui com a participação de diversos especialistas, que apresentarão dados da nossa realidade e a necessidade da aplicação do tema central”, declarou.

O presidente da Comissão de Família e Sucessões da OAB-PI, Max Fontenele, falou do objetivo do encontro, parabenizando os trabalhos. “Estamos aqui buscando nos adequar às inovações do Novo Código do Processo Civil, que estimula a utilização de técnicas inovadoras para a resolução de conflitos. Diante da situação caótico no nosso Judiciário, esse estudo representa uma saída”, frisou.

Apresentando dados das Varas de Família da Capital, a juíza auxiliar da Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), Melissa Pessoa, abordou sobre a configuração dos processos que tramitam nas Varas em Teresina. “Os magistrados precisam estar sensíveis para perceber além das partes do processo, já que o processo de Família é o que mais traz uma carga emocional e que, por isso, poderiam ser utilizados na constelação familiar”, disse.

Em seguida, a palestrante Cleia Fernandes abordou o modelo cognitivo ocidental. “Esse modelo cognitivo prestigiou muito o pensar e fragmentou o conhecimento. Devido a isso, nós deixamos muito de lado o sentimento”, afirmou. A palestrante abordou ainda a evolução do ordenamento jurídico, com a ideia de que surge com o foco na litigiosidade.

Aprimorando ainda mais o debate, os participantes puderam acompanhar as explanações desenvolvidas pelos ministrantes Thiago Brandão, juiz de Direito do TJ-PI e presidente da AMAPI; além do autor da obra “7As - A Jornada Para A Autorrealização” e ex-empresário, Ricardo Masstalerz.

Masstalerz falou um pouco sobre seu último livro, bem como sobre os benefícios da constelação sistêmica, que faz uma busca pela expansão da percepção e que tem como objetivo ampliar a consciência para a ressignificação dos fundamentos que sustentam a repetição dos padrões indesejados.Registrou-se ainda a presença da defensora pública Shiela Andrade.


Mais notícias


Comissão de Direito Desportivo participa de Audiência Púb
Data/Hora: 18/11/2019 12:56:39
OAB Piauí realizará V Almoço em Família da Comissão de
Data/Hora: 18/11/2019 12:23:14
OAB Piauí decreta luto oficial de três dias pelo falecimen
Data/Hora: 16/11/2019 10:12:11
Presidente da OAB Piauí recebe representantes do CEJA nesta
Data/Hora: 14/11/2019 12:28:58
“Diálogos pelo Direito à Educação” discute aplicaça
Data/Hora: 14/11/2019 11:51:45
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB