Comissão da OAB recebe mães de crianças autistas

  Data e Hora: 18/12/2017 09:12:15

A última reunião de 2017 da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CDDPD) da OAB-PI contou com a participação especial de mães de crianças autistas na sala de reunião das Comissões Temáticas, na Sede da Instituição. O encontro ocorreu na tarde desta sexta-feira (15) e possibilitou o debate de temas penitentes às dificuldades das mães de encontrarem vagas para os filhos nas escolas públicas e privadas de Teresina/PI.

Na oportunidade, os integrantes da CDDPD puderam compreender, mais profundamente, as dificuldades vividas pelas mães sobre a não aceitação dos filhos nas escolas. “Eu já passei por este momento difícil de recusa de vagas no Ensino Regular para os meus filhos autistas. Esse problema é vivido por várias famílias e aqui viemos, juntamente com outras mães, relatar as dificuldades encontradas neste aspecto e conhecer as possibilidades jurídicas para minimizar a situação”, comentou Marcibelly Fernandes, mãe.

Para o começo de 2018, a OAB-PI, por meio da Comissão, se propôs a reunir mais familiares de crianças autistas para uma capacitação jurídica, baseada nos direitos previstos na Lei Brasileira de Inclusão (13146/2015). “As escolas devem acolher todas as crianças, independentemente de suas condições sociais, físicas, intelectuais ou emocionais. Mais que isso, devem assegurar condições de acesso, aprendizagem e participação de todos os estudantes, valorizando as diferenças de cada um”, defendeu Sabrina Araújo, presidente da CDDPD.

A presidente informou ainda que a Comissão pretende formular um evento que reúna os dirigentes das instituições de ensino (particulares e públicas) de Teresina para conscientizar sobre a adaptação das mesmas às necessidades das crianças autistas. “Está expresso na Constituição Federal a educação como uma garantia básica de todas as crianças e adolescentes. E assim como todo cidadão, a criança autista está inserida neste contexto. A lei estabelece que a escola deve se adaptar ao aluno com deficiência, polo evidentemente hipossuficiente na relação entre educador e educando, e não o contrário”, finalizou Sabrina Araújo.

Registrou-se ainda a presença das dirigentes da Comissão, Alba Vilanova (vice-presidente); Iracema Miranda (secretária geral); Raíra Rodrigues (secretária adjunta), Lívia Veríssimo (coordenadora adjunta), Gilmara Costa (membro da CDDPD e presidente da Associação Piauiense pelos Direitos Iguais – APIDI; o professor Branco (presidente da Associação Regional de Audiodescritores do Piauí – ARADPI, além de mães de crianças autistas.


Mais notícias


CRCJ da OAB Piauí realiza visita ao Juizado Especial para a
Data/Hora: 19/07/2019 16:17:00
OAB Piauí propõe melhorias na aplicação do Exame de Orde
Data/Hora: 19/07/2019 12:46:19
Em entrevista ao Jornal O Dia, Presidente Celso Barros criti
Data/Hora: 19/07/2019 09:57:39
OAB Piauí recebe convite para cerimônia de posse do novo S
Data/Hora: 18/07/2019 12:48:16
Projeto “Mulheres de Visão” capacitará 40 mulheres ceg
Data/Hora: 18/07/2019 10:35:13
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB