Projeto de Mestrado em Direito na UFPI é protocolizado por Instituições Jurídicas

  Data e Hora: 28/09/2017 10:09:00

Visando dar continuidade a formação jurídica dos profissionais piauienses, a OAB-PI, a Escola Superior de Advocacia do Piauí (ESA-Piauí) e a Escola Superior da Magistratura do Piauí (ESMEPI) protocolizaram a proposta de implementação do primeiro Mestrado Profissional Interdisciplinar em Direito e Gestão na Universidade Federal do Piauí (UFPI). A ação aconteceu na tarde dessa quarta-feira (27), na Sede da UFPI.

O projeto foi criado por duas comissões formadas por representantes das Instituições parceiras, que busca a criação do primeiro Mestrado em Direito na Universidade e apresentado ao reitor da UFPI, José Arimatéia Lopes, durante reunião em seu gabinete.

“Esse projeto representa um sonho da comunidade jurídica piauiense, pois sabemos da esperança e da expectativa de muitos profissionais da área que pretendem fazer o mestrado no nosso Estado. Estamos otimistas com a apreciação e aprovação da proposta, que deverá acontecer até início de dezembro deste ano”, afirmou o presidente da OAB-PI, Chico Lucas, reforçando ao reitor o pedido de restabelecimento da Faculdade de Direito do Piauí, fundada em 1931.

Parabenizando a iniciativa das Instituições, o reitor Arimatéia Lopes se colocou à disposição para unir forças. “Sem dúvida esses pedidos também fazem parte do nosso pleito, mas precisamos de outros apoios e esperamos que até o final da minha gestão, o resgate da Faculdade de Direito seja efetivada”, disse.

Presidente da Comissão e coordenador do projeto, o professor Éfren Paulo falou da criação do projeto e explicou os passos para a aprovação e implementação do Mestrado. “Esse projeto é fruto de uma ação coletiva. O projeto agora tramitará no Centro CCHL, que o local onde nosso curso está vinculado e depois seguirá para o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, que é o órgão deliberativo da Universidade. Apreciado por essas duas instâncias, a CAPES terá aproximadamente dois meses para avaliar e aprovar os projetos”, explicou.

O diretor da Faculdade de Direito da UFPI, Gabriel Furtado, falou das expetativas para a aprovação do projeto. "A implantação desse mestrado será um marco divisório na ciência jurídica do Piauí, já que nunca tivemos um mestrado em Direito de uma Instituição Piauiense", declarou. 

“É muito importante que a gente desenvolva a pesquisa cientifica e a continuidade dos estudos para o profissional da área jurídica. Um mestrado profissional vem com um stricto sensu extremante necessário para a preparação e do fortalecimento da nossa categoria também”, frisou a diretora geral da ESA-Piauí, Naiara Moraes.

O vice-presidente da OAB-PI, Lucas Villa, também ressaltou a importância da aprovação do projeto para a comunidade jurídica piauiense. “Há muito tempo esperamos pela implantação do Mestrado profissional na UFPI. É com muita satisfação que a Ordem é parceria nesta ação e que será um divisor de águas na cultura jurídica do Estado”.

Participaram da elaboração da proposta Mestrado Profissional pela UFPI os professores Éfren Paulo Porfírio, Nelson Juliano, Joana de Moraes, Raul Lopes Neto, Samuel Pontes; o diretor da Faculdade Direito, Gabriel Furtado; pela OAB-PI, o professor Francisco de Souza Vieira Filho e, pela ESMEPI, o Juiz Thiago Aleluia Ferreira de Oliveira. 

Também estiveram na reunião o presidente do Tribunal Eleitoral do Piauí (TRE-PI) e presidente da ESMEPI, Desembargador Edvaldo Moura; o pró-reitor da pós-graduação em exercício, Welter Cantanhêde; o presidente da Comissão de Controle de Atividade Pública da OAB-PI, Luiz Arthur e o juiz Thiago Brandão.


Mais notícias


Promoção da Cidadania em ações pelo Dia do Leite Humano
Data/Hora: 21/05/2019 18:50:24
“Confiem na Advocacia Piauiense”, ressalta presidente da
Data/Hora: 21/05/2019 17:17:19
I Ciclo de Palestras debaterá Direito das Famílias e Suces
Data/Hora: 21/05/2019 17:04:33
OAB Piauí participa de campanha de conscientização
Data/Hora: 21/05/2019 13:13:24
Advogados se manifestam contra declarações de promotor
Data/Hora: 21/05/2019 12:50:30
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB