Comissão recebe grupos sociais de Altos-PI

  Data e Hora: 21/09/2017 11:09:22

Em reunião nessa terça-feira (19), a Comissão de Direitos Humanos da OAB-PI recebeu os grupos Pé de Manga, a Associação da Juventude Praticante da Cidadania-AJPC e o Instituto Piauiense de Juventude-IPJ, todos do município de Altos/PI. Na oportunidade, a comissão acolheu a denúncia de um integrante do Movimento Hip Hop, que alegou a abordagem violenta e abusiva por parte da Polícia Militar na cidade.

As entidades reunidas compareceram à Corregedoria para fazer a denúncia, que ficou invalidada pela falta de lesão corporal na vítima, que alegou sofrer racismo. Os relatos foram colhidos para que a Ordem possa analisar e pensar em medidas conciliativas.

Durante a reunião, foi apresentado ainda o Projeto Curta Liceu Direitos Humanos 2017, que está sendo desenvolvido pelos estudantes do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Liceu. Os estudantes trabalham os seguintes temas: abuso sexual de adolescentes, a violência contra a mulher, inclusão social do autista, drogas e moradores de rua, LGBT e preconceito racial.

O professor Leônidas Elva de Sá demonstrou que o projeto escolhe o cinema, já que ele também é forma de socialização. “Para muitos alunos é o primeiro contato com o cinema e teatro. Ao final do projeto, é prevista uma apresentação no Teatro 4 de setembro, no dia 20 de novembro de 7h às 12h da manhã, dos resultados dessas ações dos alunos”, apresentou o professor.


Mais notícias


OAB Piauí protocola ofício questionando falta de vagas par
Data/Hora: 21/11/2019 17:53:53
Projeto visa treinar profissionais para identificar marcas d
Data/Hora: 21/11/2019 15:39:49
Correição Ordinária da Comarca de Teresina – PI
Data/Hora: 21/11/2019 15:32:25
OAB Piauí promove campanha 21 Dias de Ativismo pelo Fim da
Data/Hora: 21/11/2019 15:22:52
OAB Piauí realizará Jogos de Futebol de Amputados, nas cid
Data/Hora: 21/11/2019 11:09:27
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a OAB-PI.

    OAB - Seccional Piauí
    Rua Governador Tibério Nunes - S/N Cabral | Teresina-PI

    Fale com a OAB